“Ser Pai, Mãe, é um dos actos, momentos, mais ancestrais que podem existir. Ok, toda a gente sabe isto. Mas digo isto, para o reforçar o facto de que todos sabemos o que é, todos conhecemos o processo, todos sabemos o que vai acontecer, acontece assim há milhares de anos. Mas, mesmo assim, é impossível de prever o que vamos sentir quando chega a nossa vez. Ou melhor, antes pensava que iria sentir isto ou assado. Mas é impossível. Às vezes torcia um bocado os olhos aquelas expressões como “benção” ou “melhor coisa do mundo”, tão típicas de recém “grávidos” ou recém papás. Ok, pensava que iria ser um momento bom (já disse que queria muito ser Pai), mas dentro do meu racionalismo, pensei que iria ser um sentimento controlado. Mas estava completamente enganado. É o descontrolo emocional absoluto. E agora percebo aquela expressão tão típica da minha Mãe, quando não entendia algum movimento dela em relação a mim, “quando fores Pai, vais perceber”. E eu ainda não vi o meu bebé, apenas o sinto, e tanta coisa já mudou. “

A LILIANA ESTÁ GRÁVIDA
VAMOS TER UMA MENINA
25 SEMANAS
28 SEMANAS
32 SEMANAS
35 SEMANAS
37 SEMANAS
38 SEMANAS