Vou direto ao assunto. 50 experiências (esta ainda é só a primeira parte, portanto 25) que tem de viver em Portugal. Sim, isto é uma bíblia das coisas boas.

#COMER AÇORDA DE BACALHAU NO ALENTEJO

É assim, comer no Alentejo é das melhores coisas que existem no mundo. Comer Açorda de Bacalhau no Alentejo, entra para aquele espaço (bastante) restrito de coisas que são do outro mundo.

#SUBIR À MONTANHA DO PICO

Na ilha do Pico, ilha do meio do Oceano Atlântico com 42km de comprimento, está o ponto mais alto de Portugal. Lá em cima, 2350m acima do nível do mar, tem vista privilegiada para 5 ilhas (sim, 5!). É preciso dizer mais alguma coisa?

#BEBER UM VINHO NUMA QUINTA DO DOURO (com vista para o rio Douro)

É a região demarcada de vinhos mais antiga do mundo e o vale do Douro parece ter sido desenhado pelos deuses. É tudo muito bonito e ainda por cima o vinho é bom.

#DESCOBRIR O PARQUE NACIONAL DO GÊRES

Alia a natureza com o peso da tradição de uma maneira incrível. Grandes espaços de cortar a respiração e aldeias dignas de um Senhor dos Anéis.

#FAZER A ROTA VICENTINA

A pé ou de bicicleta. Começar em São Torpes e acabar no Cabo São Vicente em Sagres. Não tenho dúvidas que é dos percursos mais bonitos do mundo. Pelo meio é obrigatório 50 mergulhos nas praias da costa, 1000 fotografias em miradouros improvisados e comer (epá, é tudo bom!)

#FAZER O TRILHO DAS LEVADAS NA MADEIRA

Madeira, essa pérola do Atlântico. Escrevo isto a pensar: “temos tanta sorte, nascemos num paraíso”.

#FAZER A ESTRADA NACIONAL 2

Route 66 portuguesa. Para fazer de carro, de mota ou de bicicleta. 700km de Chaves a Faro. A rasgar Portugal de norte a sul.

#IR A UMA FESTA NO RIBATEJO

Das melhores festas populares que existem. Eu sou do Ribatejo, sei o que digo. 

#VISITAR SORTELHA

Coisa mais linda. Literalmente cenário de filme.

#COMER UMA FRANCESINHA NO PORTO

Tem nome afrancesado, mas é nossa. Inimiga número 1 do colesterol, mas sabe tão bem. No Porto estão as melhores.

#DORMIR (literalmente) NA RIA FORMOSA

Dormi no Barco Casa na Ria Formosa e gostei tanto, que acho que todos dias me recordo disso. 

#CONHECER A SERRA DE SINTRA

Palácio da Pena, Quinta da Regaleira ou, simplesmente, deambular pela serra. Daquelas coisas mágicas que inspiram os filmes de fantasia. Mas esta é real.

#PASSAR UMA (ou 25) NOITE NA FAJÃ DA CALDEIRA DE SANTO CRISTO

O lugar mais bonito onde já estive. A sério. Fica na ilha de São Jorge e desligado do mundo. É melhor lerem com foi a minha aventura por lá, aqui.

#VIVER LISBOA

Porque ir ao Colombo não é conhecer Lisboa. Lisboa não tem muitos turistas porque fez muita publicidade. É das cidades mais bonitas e interessantes do mundo. Sim, do mundo inteiro.

#COMER UMA POSTA MIRANDESA EM TRÁS-OS-MONTES

É assim, coma só uma sopinha no dia anterior. Tem de levar fome, que aquilo tem o tamanho dos bifes dos Flintstones. Muito bom.

#VISITAR AS BERLENGAS

A nossa pequena ilha em frente a Peniche. Cumpre aquela máxima da atração pelo selvagem.

#SUBIR AO TOPO DA SERRA DA ESTRELA DE BICICLETA

Eu já o fiz e ia morrendo (podem ler como foi, aqui). Mas quando se chega ao topo (Torre) é uma sensação digna de um super herói. Para quem gosta de bicicletas (e desafios) este é o lugar número 1.

#FAZER SURF NA PRAIA DOS SUPERTUBOS EM PENICHE

Se o Kelly Slater gosta, porque não? Eu sou péssimo surfista, mas estilo não me falta. Supertubos é o spot.

#COMER CHOCO FRITO EM SETÚBAL

Bem, existem 50 pratos de peixe melhores que o choco frito para comer em Setúbal. O mercado lá do sítio é dos melhores do mundo (é mesmo). Mas o choco frito é sempre um clássico obrigatório. Eu gosto (mas depois como uma anchova na brasa).

#OUVIR CANTE ALENTEJANO 

Onde? Esta é fácil, não é? No Alentejo, é claro! Património Mundial. Se for vadio, numa qualquer tasca alentejana depois de um jantar bem regado com tinto lá do sítio, tanto melhor.

#CONHECER AS 12 ALDEIAS HISTÓRICAS DE PORTUGAL

Já falei aqui de Sortelha, mas existem outras 11 aldeias muito bonitas para conhecer. Também o pode fazer de bicicleta ou a pé, já que existe uma grande rota, bem marcada e cheia de informação, a ligar todas a aldeias.

#VIVER O PORTO

Exactamente a mesma história de Lisboa. Portugal é país abençoado.

#COMER POLVO EM SANTA LÚZIA

Fica pertinho de Tavira, este pequena aldeia com vista para a Ria Formosa. Na placa de entrada diz: “Capital do Polvo”. E não é que é mesmo. Ponto de paragem obrigatória, todos os anos.

#DESCER O RIO ZÊZERE DE CANOA

Pode ser o rio todo, não é assim tão grande. Começa na Serra da Estrela e termina em Constância. Caso deseje uma versão abreviada, mas igualmente interessante, comece em Castelo de Bode e termine na foz, em Constância. Muito fácil e muito bonito.

#OUVIR FADO (numa casa de Fado)

Tão português. Aqui entra também os bairros típicos de Lisboa. Cantar com o coração ao pé da boca, impossível não ficar arrepiado e sentir aquele orgulho ultramarino (ou conquistador).

Comentários

comments