Hoje faço 33 anos. Sim, já não estou a ir para novo. Já não consigo jogar à bola ou ficar numa festa até 5h da manhã, como quando tinha 23. Mas em quase tudo o resto, acho que estou melhor. Por isso, encaro o futuro com esperança e expectativa.

Em tempos, ou seja, na minha juventude, passava este dia numa ansiedade frenética com a chegada das prendas. Ai como eu adorava receber prendas. Recordo uma vez que recebi uma bicicleta que não estava à espera de receber e ia desmaiando de tanta felicidade. Coisas da juventude, lá está. Hoje, o 19 de Outubro continua a ser um dia muito especial, vivido com a nostalgia do que foi o ano anterior, e com o antecipar dos desejos para o novo ano. Nos meus 32, casei-me, comprei casa, tornei-me 100% profissional do Meu Escritório, viajei muito e contei muitas histórias. Fui feliz. Não me posso queixar, muito pelo contrário.

Como tenho a felicidade de ter um trabalho especial, hoje vai ser um dia normal e igual a tantos outros (Tirando a parte da nostalgia). Acordei com um beijo da Liliana (quer dizer ela hoje levou-me o pequeno almoço à cama, não lembro de isso ter acontecido anteriormente ❤️), agora vou andar de bicicleta (e sonhar um bocado. Acontece sempre), mais tarde vou escrever uma história sobre um lugar especial, ao final do dia vou estar com os meus pais (que me vão encher de mimos, como sempre) e à noite vou viajar para Dublin, com a minha Liliana, para criar um conjunto de histórias sobre esse lugar. Portanto, tudo normal na vida de sonhador. 😉

Venham lá esses 33, sobretudo com muita saúde, que o resto tudo se resolve. 😎


 

Comentários

comments