Tal como todas as boas histórias, o melhor é começar pelo inicio. E o inicio desta história, remonta ao final de Setembro, altura em fui convidado pela Indie Campers para embaixador da marca. Lembro-me perfeitamente do dia em recebi o email com o convite, onde me perguntei: “mas o que é isto da Indie Campers?!”. Na altura fiz uma pesquisa rápida no google e facebook, e fez-me logo brilhar os olhos (algo que me acontece quando fico entusiasmado) quando percebi o conceito desta malta. Tão simples, tão complexo e ao mesmo tempo tão: “porque não me lembrei disto antes!”. Conceito: READ MORE

Share:

Entre os dias 8 e 15 de Setembro fiz o Caminho Português de Santiago a pé entre Valença do Minho e Santiago de Compostela. Foi uma experiência muito rica e inesquecível. Aqui fica a minha experiência completa, uma compilação dos relatos diários que fui escrevendo ao longo dos dias (e mais umas coisas).


Dia 0 – Porto

É isso. Neste momento estou no Porto (essa bela cidade), amanhã bem cedo apanho um comboio para Valença do Minho e aí começo a minha jornada a pé (sim a pé) até Santiago, pelo mítico Camino de Santiago (essa verdadeira instituição).

Não é READ MORE

Share:

Posso fazer o mesmo caminho (de Santiago) 100 vezes, a paisagem (à partida) será a mesma, mas a história será sempre diferente. Existem dois grandes culpados para isto acontecer: o primeiro será o “estado” da nossa cabeça, e a predisposição para fazer o caminho; o segundo serão as personagens (pessoas) que iremos encontrar ao longo do caminho, que moldarão a nossa história de uma diferente forma.

Senti um necessidade gigante de fazer este caminho (de Santiago) sozinho. Por várias razões. Queria ir sozinho e caminhar a maior parte do tempo sozinho. Já viagem imensas vezes sozinho, muitas de bicicleta, mas READ MORE

Share:

Bike_2

Desafio:

Caminho Português de Santiago. Ligar S.P. de Rates, aldeia próxima de Póvoa de Varzim, a Santiago de Compostela, em bicicleta. Cerca de 200km, divididos em 3 etapas (dias), percorrendo o Caminho Português de Santiago, sem auxilio de track de GPS, apenas seguindo as marcações no local.

Etapa 1 – 5/10/2013

S.P.Rates – S.P. Rubiães (70km)

Anunciando já o final da história, já percorri milhares de quilómetros e inúmeros caminhos, mas caminho mais bonito ainda não fiz.

Esta aventura foi partilhada com mais 8 amigos (incluindo com prazer o meu Pai e a Liliana), 5 a READ MORE

Share: