Sabem aquele brilho nos olhos, que aparece quando falamos de algo que gostamos muito ou que sentimos um orgulho imenso? É isso que me acontece quando falo (ou escrevo) sobre o que Portugal tem para oferecer. Sobre a sua beleza natural e a riqueza cultural. Um imenso e sincero brilho nos olhos (sim, nos dois 😉 ).

Vou sugerir pequenos paraísos para visitar em 2017. (tenham em atenção que existem mais 1000, isto é só para abrir o apetite 😉 )

#FAIAL, PICO E SÃO JORGE

As ilhas do triângulo atlântico são do mais bonito que existe no Mundo. Se READ MORE

Share:

Este Verão levei uma barrigada de Algarve. Mas não foi uma barrigada daquelas que enjoam e não dão vontade de repetir. Foi uma barrigada ao estilo de um tacho cheio de (bom) arroz de marisco. Não dá para comer mais, mas no final de barriga cheia, sentimos ou dizemos: “se pudesse comia isto dia sim, dia não” (todos os dias era um exagero 😉 ). 

Este “adeus Algarve” é uma espécie de adeus ao Verão dos mergulhos, bombas e afins, do bronze, areia e finais de tarde na praia. O calor ainda esta aí, mas os dias vão ficando mais READ MORE

Share:

Ria Formosa é um pequeno paraíso, com 60km de comprimento entre a praia do Ancão e Cacela Velha.

Este Parque Natural algarvio, é um dos meus locais favoritos, onde me sinto incrivelmente bem, tão bem que quase que posso chamar esta região de “2ª casa”. É todo o conjunto. A ria a dividir povoações, carregadas de histórias, de pequenas e idílicas ilhas, a água clara de temperatura agradável (muitas vezes 25º), a areia branca, as ostras, amêijoas, polvos e afins, as idas de barco para as ilhas, e por fim e não menos importante, as pessoas que tão bem representam READ MORE

Share:

O Tivoli Victoria não brinca aos hotéis. Não é daqueles hotéis de 5 estrelas que durante a nossa estadia pensamos “podia ter 4 estrelas”. Arrisco a dizer que está mais próximo do 5,5 do que do 4,5 😉 . Fica em Vilamoura, no meio de um campo de golf com cheiro a mar, e aqui percebi o que era a tal coisa do luxo.

Chegamos (eu e a Liliana) ao hotel na passada 6a feira à noite para o curta estadia até Domingo. Ou seja, duas noites para sentir o lusco-fusco “estás de férias mas não estás” (sendo que a READ MORE

Share:

Ria Formosa é um pequeno paraíso, com 60km de comprimento entre a praia do Ancão e Cacela Velha.

Este Parque Natural algarvio, é um dos meus locais favoritos, onde me sinto incrivelmente bem, tão bem que quase que posso chamar esta região de “2ª casa”. É todo o conjunto. A ria a dividir povoações, carregadas de histórias, de pequenas e idílicas ilhas, a água clara de temperatura agradável (muitas vezes 25º), a areia branca, as ostras, amêijoas, polvos e afins, as idas de barco para as ilhas, e por fim e não menos importante, as pessoas que tão bem representam READ MORE

Share:

Existem hotéis com uma localização muito boa, com vistas deslumbrantes sobre mar (gosto muito). Depois existe o Barco Casa, que não só aproxima as distâncias para o mar (está literalmente em cima dele, barco? lembram-se?), quando chegou a hora de escolher o mar, para a sua localização, escolheu a Ria Formosa (existe lá coisa mais bonita!?), e depois ainda quis ir mais longe, quando chegou a hora que escolher o local da Ria, escolheu tão somente a (provavelmente e minha favorita) praia mais bonita da Ria, a lindíssima e quase deserta praia da Barra Velha. (acho que já não READ MORE

Share:

Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina, uma região mágica, parece que foi desenhada pelos Deuses, com praias e paisagens do melhor que existe no Mundo. Mais existe outro ponto que eleva esta região aos pícaros das coisas boas, as pessoas e a sua forma de receber, que passados uns dias por lá, chegam facilmente a esta conclusão: “aqui, sinto-me em casa!” (comigo acontece sempre que lá vou 😉 )

No titulo poderia colocar “conhecer” (imediatamente)”, mas seria errado, pois já deve estar tudo esgotado até final do Verão. Podia dizer que isso era mau, mas na verdade não READ MORE

Share:

O Real Marina Hotel (Olhão) e a empresa Passeios Ria Formosa (organizadora da experiência) lançaram-me um desafio durante a minha estadia (belíssima) na Ria Formosa, observar cavalos marinhos.

Aceitei de pronto, mas sempre um ponto reticente: “cavalos marinhos na Ria Formosa!? Será?” Saímos do porto da Fuseta (eu e Liliana e mais uns ingleses e franceses, tipo 8 pessoas, mais 1 guia da Passeios Ria Formosa) em direção à praia da Barra Nova, estacionamos o barco e seguimos a pé para a praia da Barra Velha (maravilhosa, uma das favoritas). Como se trata de uma pequena ilha, a observação READ MORE

Share:

Este Real Marina Hotel tem uma vista para o paraíso, fica a dois passos da Ria Formosa. Melhor localização? Muito difícil!

Olhão (a cidade do Hotel) esta diferente (para muito melhor). Outrora uma cidade meio cinzenta, com uma Ria maravilhosa à sua frente mas meio desconectada com a cidade. Com umas ilhas, com umas praias de sonho, à sua frente, mas muito pouco valorizadas. Nos últimos anos muito mudou. Olhão, de hoje, é cidade com uma dinâmica bem interessante, com vida, e sobretudo com gente e projectos interessantes a despontar. A conexão com Ria aproxima-se da simbiose. Para esta mudança READ MORE

Share:

7imeio em Olhão, mais daqueles casos de amor à primeira vista.

A dois passos do Mercado de Olhão e a três passos da (maravilhosa) Ria Formosa, na principal avenida de Olhão, está o 7imeio. Um restaurante/bar carregado(íssimo) de boa pinta. 2 pisos, decoração a que eu chamo “vintage cheia de estilo”, com traços de taberna antiga, mas com cheiro a novo 😉 . 

O 7imeio, na minha opinião, é um dos pilares deste “novo” Olhão. Outrora, uma cidade meia cinzenta e pouco amistosa, hoje em dia, nascem coisas boas por lá como flores na primeira, já sendo um dos meus READ MORE

Share:
Page 1 of 212