Sou um sonhador. Com uma característica muito particular. Acredito não me devo render ao “normal e pré-concebido” e acredito que é possível ser aquilo que eu quiser ser (aqui não vale o só porque que sim, é preciso, também,  lutar e ir à luta). Quando me perguntam qual a minha profissão (muita vezes me fazem esta pergunta, não percebo porquê 😉 ), quase sempre com um sorriso meio atrapalhado, mas sem qualquer vergonha, não me conseguindo definir profissionalmente numa palavra, pergunto-me a mim, sempre, antes de responder: “Será que sou um blogger? um escritor? um viajante? um influenciador? ou simplesmente

READ MORE
Share: